Atacama

Project 1 of 311

25 de Outubro de 2017

Em Agosto embarcamos para o Chile, foram 09 dias de viagem, o itinerário começou com um final de semana em Santiago, 04 noites no Deserto do Atacama e as 03 últimas noites em meio aos vinhedos e montanhas no Vale de Colchagua. Acompanhem aqui toda nossa experiência no encantador Deserto do Atacama

IMG_0656

Muito diferente do que conhecemos como deserto com areia para todos os lados o Atacama é formado por um caleidoscópio de paisagens únicas. A base para explora-lo é o vilarejo de São Pedro de Atacama a 100km da cidade de Calama.

Deserto mais alto e árido do mundo tem menos de 50mm de chuva por ano. Possui formações rochosas (geológicas) impressionantes, visibilidade perfeita, natureza com uma paleta de cores vivas e um céu coberto de estrelas. Dificil conseguir conhecer cada canto do deserto, mas vale a pena tentar. Segundo a Nasa é a região da terra que mais se assemelha a Marte.

Melhor Época- Não é recomendado  ir de Janeiro a Março que é o período das chuvas. A melhor época é Abril e Maio ou Setembro e Outubro (primavera). O inverno também é bem agradável e mais indicado para visitar o deserto do que no verão que os dias ficam longos, os passeios de manhã muito cedos e da tarde muito no final do dia por causa do sol. No Inverno os dias são lindos e temperatura agradável, amanhece frio, esquenta ao longo do dia e a temperatura volta a cair a noite. Apenas quanto está muito vento que é bem incomodo. Num geral as temperaturas variam em torno de -2 a 30 graus.

*Esse ano a primavera tem sido muito florida, pois o início do ano foi de muita chuva.

Levar na mala- Roupas em camadas, casaco, blusa de manga comprida e de manga curta para ir tirando ao longo do dia e dependendo do passeio. Muito filtro solar, rosto e corpo (para os braços e o colo), óculos escuro- como faz muito sol a iluminação do dia é bem clara e chega e incomodar os olhos, chapéu ou bone, roupas se ginastica e calca jeans e tênis de hikking/trekking, o tênis comum não funciona pois escorrega, o ideal é o tênis próprio mesmo e quanto mais alto no calcanhar melhor. Batom protetor de boca, colírio hidratante, bepantol para o nariz e muito creme de corpo.

Dica- por causa da Altitude beba bastante agua, um dia antes, na chegada e ao longo do dia. Assim o corpo vai se acostumando melhor.

IMG_1091

Roteiro

06/08-manhã voo Santiago/Calama – são 2h de voo de Santiago até Calama, na chegada o transfer do Explora estava a nossa espera para irmos até o hotel. São mais 1h10 de carro através do deserto até chegar a San Pedro de Atacama cidade onde fica o Explora Atacama. Nosso hotel escolhido para curtir esses dias no deserto.

Almoço no hotel

Tarde- 15h30 Passeio para o Salar de Atacama, para conhecer a Laguna Chaxa e seus flamingos. O piso é irregular esculpido por cristais de sal e a vista para vulcões e lagunas. Assistimos o pôr do sol de lá e o nascer da lua cheia, um espetáculo da natureza.

Jantar no hotel.

IMG_0645

Lanchinho preparado pelo equipe após o passeio pelo Salar de Atacama.

IMG_0623

Sobre o hotel-  O Explora propõe uma filosofia de viagem nascida da vontade de explorar os entornos naturais ao mesmo tempo que oferece um luxo despretensioso.  Para desbravar a região o hotel elabora diversas  explorações, entre atividades a pé, a cavalo ou de bicicleta.  O Explora também possui seu próprio observatório onde você pode se maravilhar com o céu noturno e ouvir histórias sobre as estrelas.O mais legal é que todas as refições e atividades estão incluidas no valor da diária então no momento que o hóspede chega no hotel não precisa mais se preocupar com nenhum custo extra.

IMG_1244

IMG_0631


07/08
Quezar Puritana para Termas Puritama- O Quezar é um hiking de 2h30  onde passamos por dentro do Canyon de Puritama até as termas, que são 09 piscinas no total, com as águas de origem vulcânica e ligadas entre si por pontes de madeira.  Sendo que a última  delas é apenas para os hóspedes do Hotel Explora Atacama, é a piscina mais alta, maior e mais quente. Os hóspedes contam com vestiário, uma estrutura de apoio para relaxar e os lnachinhos que são a marca registrada do hotel. Uma delicia!

IMG_0815

IMG_0725

IMG_0776

O almoço  foi em uma das propriedades do Explora no Contryside, em Cucuter, o hotel preparou um almoço ao ar livre para experiência cultural e interação de seus hospedes.

IMG_0800

No  passeio da tarde fomos fazer a expedição Kari para o Valle de la Luna, este paraíso natural está localizado na região da Cordilheira do Sal e impressiona pela semelhança com a superfície lunar. A excurção Kari passa pelas cavernas e rios de sal  e é pontuado pelos estalos do sal das pedras que se contraem conforme o dia vai esfriando.

IMG_0939

IMG_0958

O pôr do sol de lá é de camarote para os canyons.

IMG_1040

A visita ao Vale da Lua é um dos mais tradicionais do Atacama, pode-se chegar de carro ou de bike. Rochas avermelhadas com veias de sal compõem a paisagem e a imensa Duna Mayor pode ser escalada por uma trilha na areia.
IMG_1062

Jantar no hotel!

08/08- Manhã para os Geyseres del Tatio, são 1h30 de carro até os geiseres, a paisagem vai mudando a medida que vamos subindo e a altitude  aumentando.  O espetáculo só é garantido até as primeiras horas do dia. Em meio ao frio intenso, jatos de água fervente explodem em direção ao céu. No inicio o cenário parece uma pintura em preto e branco, mas, conforme o sol vai surgindo o quadro ganha cores e a paisagem vai ficando psicodelica atraves de formas borradas por causa do vapor.
IMG_1207
É o campo geotérmico mais alto do mundo, a 4.200 metros acima do nível do mar. Tem sua origem do encontro do magma da terra e das águas do degelo da cordilheira que se infiltra na crosta terrestre. Desse contato, sobem violentas rajadas de vapor e água que chegam a 85 ºC. O vapor emerge da terra com tamanha força que chega a alcançar 50 metros de altura. Um dos pontos de maior altitude no Atacama é preciso de pelo menos dois dias de aclimação para poder fazer a visita.

IMG_1228

Almoço no hotel
Tarde exploraçao Cornisas, no Valle de la Morte, começamos com um hiking em seu topo até as Dunas, para então descermos correndo até sua base.

Vale da Morte- Também pertencente à Cordilheira do Sal, este vale montanhoso e arenoso possui dunas e desfiladeiros que impressionam pela beleza de suas cores e formas. É conhecido por este nome porque era para lá que os antigos habitantes gravemente doentes eram levados para esperar pela morte.
IMG_1274

Jantar quincho ataquenho o hotel prepara um churrasco em sua area externa enquanto os hospedes curtem danças típicas e musica local.

IMG_1401

09/08- Caminhada até  o Valle de Arco Iris, também conhecido como Valle de los Siete Colores com suas pedras em camadas com diferentes tons por conta dos minerais que compõe as rochas. Possui baixa altitude é uma boa visita para o corpo ir se aclimatando e é possível explorar as pedras de perto circulando o paredão principal a pé.

IMG_1741IMG_1513

Almoço e visita Alto Atacama
Tarde passeio a cavala pelas Dunas de la Chula.
Jantar hotel e tour astronômico.
Como era lua cheia conseguimos ver poucas coisas, vimos jupiter, Saturno, uma constelação próxima ao cruzeiro do sul chamada caixa de joias e a lua cheia.

10/08- volta para Santiago no voo Calama/Santiago as 11h e ida de carro até o Vale Colchagua

 

#DicaAT- Em São Pedro de Atacama a Livraria do Deserto tem arquitetura antiga com excelentes livros sobre a região- vale a visita

Menu